Blog

Uma boa noite de sono pode combater o câncer e evitar a obesidade

Você sabe os benefícios que uma noite de sono bem dormida pode trazer? O programa global Bem Estar desta terça-feira (23) mostrou que dormir bem pode combater o câncer e evitar a obesidade, por exemplo.

Segundo o oncologista Fernando Maluf e o endocrinologista Bruno Halpern, existem alguns truques para dormir bem. Tentar dormir sempre no mesmo horário e fazer refeições leves à noite, por exemplo, são alguns deles. Diminuir as luzes também irá estimular a melatonina, o hormônio do sono.

A falta de melatonina pode causar diabetes e obesidade. Estudos mostram que pessoas que sofrem de síndrome metabólica têm níveis mais baixos de melatonina. As síndromes metabólicas alteram a capacidade da glândula pineal de secretar o hormônio do sono, o que leva as pessoas a dormirem mal.

Câncer

O que o sono tem a ver com o câncer? Maluf explica que o hormônio do sono tem efeitos anticâncer. Ele pode inibir a formação de vasos sanguíneos tumorais, induzir a parada do ciclo celular do tumor, induzir a morte programada do tumor e inibir a proliferação das células tumorais.

De acordo com o endocrinologista Bruno Halpern, alguns estudos sugerem que a diminuição da produção de melatonina pode causar câncer de mama. Alguns cânceres de mama são estrógeno dependentes (o tumor cresce na presença de estrógeno). A melatonina inibe a produção de estrógeno. Por isso, manter o hormônio do sono em níveis normais ajudaria a evitar o câncer de mama.

Além disso, o sono ruim piora o estado de saúde de uma pessoa com câncer. Ela sente maior depressão, mais distúrbio do humor, mais fadiga, maior percepção dos sintomas do câncer e maior percepção dos efeitos do tratamento. Por isso, tente sempre ter uma boa noite de sono!

Fonte: Bem Estar