Blog

Qualidade de vida do brasileiro é afetada pela depressão

Embora muitos não a vejam desta forma, a depressão é uma doença e tem afetado cada vez mais a qualidade de vida dos brasileiros. Ela atrapalha o trabalho, os relacionamentos pessoais e até os cuidados com a saúde. A boa notícia é que 70% dos casos têm cura e os remédios estão cada vez mais avançados.

Depressão é diferente de tristeza. Enquanto na tristeza há relação do estado mental com algo que aconteceu, na depressão a tristeza é difusa, não tem causa específica e está presente em diferentes situações e momentos da vida do doente. Mas a doença tem cura. Medicamentos, psicoterapia e atividade física fazem parte do tratamento.

Os antidepressivos, como todos os remédios, têm um lado ruim. Em algumas pessoas podem reduzir a libido. Em casos graves de depressão, podem inicialmente aumentar o risco de suicídio. Nesses casos, é necessária a supervisão cuidadosa. Os remédios são uma boia para ajudar a pessoa a não afundar, mas também é preciso acompanhamento médico e muito exercício.

A escolha do psicólogo é muito importante. O paciente precisa se sentir confortável com o profissional. Quem cuida do depressivo precisa ser compreensivo. A doença não depende só da força de vontade para ser combatida, mas do tratamento de alterações no funcionamento do cérebro.

Doenças interligadas

As doenças do coração podem provocar e até agravar a depressão. A depressão também pode agravar uma cardiopatia. Cerca de 30% dos pacientes operados do coração ficam deprimidos. De acordo com a médica Bellkiss Romano, do Incor, a depressão acontece porque as pessoas veem o coração como a máquina da vida.

Pensar que o coração está doente é imaginar que a vida está em risco. “O paciente entra num círculo vicioso. A depressão que agrava a patologia, a patologia vai fazer com que você se sinta menos potente, vai agravar a depressão. E você não quebra o ciclo.”

Fonte: Bem Estar

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on Pinterest