Blog

França pretende pagar para quem for trabalhar de bicicleta

Com o objetivo de incentivar o uso da bicicleta, diversos países já propuseram ações como baixar os impostos que taxam as bikes até elaborar um Plano Nacional da Bicicleta. Na França, a proposta vai além e prevê subsidiar os trabalhadores que pedalarem até seu local de trabalho.

A ideia herdada do antecessor e retomada pelo atual ministro do Transporte, Thierry Mariani, é de que os ciclistas recebam 21 centavos de Euro por quilômetro rodado, e as empresas realizariam o abono em troca de isenções fiscais. Em contrapartida, o Governo gastará 20 milhões de euros com a medida e espera poupar 5,6 bilhões de euros na área da saúde.

Por lá, as bikes são uma aposta séria. Além de aprovar um ambicioso Plano Nacional da Bicicleta, Paris segue seu esforço para promover as duas rodas. Além de poupar em combustível, melhorar seu estado de saúde e favorecer um ambiente urbano mais limpo, os franceses que pedalam para o trabalho receberão um plus econômico.

A Espanha também já promoveu medidas para fomentar o uso da bicicleta. Além de um plano que prevê ajuda de 200 euros para a compra de bicicletas elétricas, há medidas solicitando diminuição da carga, e também um Plano Nacional da Bicicleta, semelhante aos lançados na França, Grã-Bretanha e Alemanha.

O crescimento do número de adeptos das bicicletas, seja como forma de manter a saúde, lazer ou meio de transporte, é um fenômeno que acontece no mundo todo. As ações dos governos aproveitando esta tendência de comportamento vêm no sentido de ampliar a adesão das pessoas e encontrar alternativas para as grandes cidades.

O compartilhamento de bicicletas já existe por aqui. Em Porto Alegre, o Bike Poa, por exemplo, é uma opção para pedalar entre diversos pontos da Capital. Apesar de já ser um avanço, um rápido comparativo entre os pontos de compartilhamento de bicicletas em Porto Alegre e em Paris dá uma ideia do quanto ainda precisamos avançar para tornar realidade um Plano Nacional de Bicicletas no Brasil. Confira abaixo:

Mapa dos pontos de compartilhamento de bicicletas em Paris
Mapa dos pontos de compartilhamento de bicicletas em Porto Alegre

Fontes: Pedal, Fast Company e Bike Poa

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on Pinterest