Blog

22/set

Existe sal bom para a saúde?

Todos sabemos que o consumo de sódio em grande quantidade pode gerar uma série de consequências no nosso organismo. E o brasileiro consome tanto sódio que o problema virou uma questão de saúde pública. O Ministério da Saúde e a Associação das Indústrias da Alimentação firmaram um compromisso para tentar reduzir a quantidade de sódio nos alimentos industrializados. A redução é gradual, porque a indústria precisa se preparar e as pessoas precisam se acostumar.

Um dos alimentos em que mais consumimos sódio é o sal. E mesmo sabendo que esse excesso pode causar lesão dos vasos sanguíneos, aumento do risco de infarto, Acidente Vascular Cerebral (AVC), insuficiência cardíaca e doença renal crônica, há quem não consiga viver sem ele. Por isso, o mercado já o apresenta de diferentes formas. Além do sal refinado, aquele comum de cozinha, há também, sal light, salgante, sal marinho, entre outros.

Mas algum deles é melhor para a saúde? O salgante é para o sal assim como o adoçante é para o açúcar. Ele não tem sódio, a substância responsável por aumentar a pressão. É 100% cloreto de potássio. O gosto não é igual ao sal comum, mas isso depende do paladar de cada um.

Já o sal light é uma espécie de precursor do salgante. Ele tem 50% menos de sódio por porção, se comparado com o sal de cozinha. É feito com metade de cloreto de sódio e metade de cloreto de potássio.

Sal Refinado x Sal Marinho

O sal refinado, ou o sal comum, como o conhecemos, passa por um processo onde o magnésio e outros minerais são eliminados. Além disso, o iodo natural é destruído durante sua refinação e o iodo de potássio é adicionado em altos níveis, quase sempre níveis tóxicos. Logo, é adicionada dextrose como estabilizadora e um agente de branqueamento para que o sal chegue à cor que conhecemos.

O sal do mar, ou sal marinho, é seco naturalmente, ao sol, não passa por nenhum processo e contém quantidades microscópicas de vida marinha e iodo natural. É de coloração menos branca e levemente mais úmido. Tem um sabor mais forte e é menos utilizado em receitas de cozinha, apesar de proporcionar o mesmo efeito do sal refinado. Se comparamos as características de cada tipo de sal, perceberemos que o sal marinho é mais saudável para a ingestão diária.

Fonte: Bem Estar e Melhor com Saúde

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on Pinterest