Blog

05/mar

Água integra o tema da Hora do Planeta 2013

Foi lançada no dia 27 de fevereiro, para o mundo todo, a quinta edição da Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour. Essa é uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas que vêm ocorrendo. A WWF-Brasil convoca os brasileiros a apagarem as luzes por uma hora no dia 23 de março como forma de manifesto ao aquecimento global e aos problemas ambientais que a humanidade enfrenta. O movimento este ano chamará a atenção da população para as necessidades e os desafios em torno da água. A ação está alinhada à iniciativa da Unesco que definiu 2013 como o Ano Internacional da Cooperação pela Água.

No Brasil, 90% da eletricidade vem das hidrelétricas, que dependem dos rios, que dependem das chuvas, que dependem do clima, que está mudando como resultado do aquecimento global, que é resultado de muitas de nossas ações cotidianas. Logo, essa é uma oportunidade de conscientizar os brasileiros de que a tomada de atitudes para o problema da gestão água precisa ser compreendida por todos, imediatamente.

Há 12 anos, a WWF-Brasil trata do tema por meio de dois programas, para atuar na revisão das formas de utilização da água em todo o país, e na consolidação de legislações estratégicas como o Plano Nacional de Recursos Hídricos. Os programas permitiram ainda a mobilização de 17 milhões de pessoas em campanhas de água e clima em todo o Brasil. Outra iniciativa que estimulará os brasileiros é o desafio “Eu vou se você for”. Trata-se de uma plataforma, que já reuniu mais de 4 milhões de interações no YouTube, que consiste na produção de um vídeo em que qualquer pessoa assume um compromisso e desafia outra com o objetivo de mudar o planeta. Os interessados em participar e apoiar a ação podem se cadastrar pelo www.horadoplaneta.org.br.

Belo Horizonte foi a primeira capital a aderir à Hora do Planeta. O governo do Distrito Federal já assinou o termo de adesão. Em 2012, mais de um bilhão de pessoas, em 152 países, participaram da ação em todos os continentes. O movimento de maior mobilização do planeta vem batendo recordes e colhendo frutos para a redução das agressões ambientais pelo mundo.

Vamos entrar nessa?

Fonte: akatu.org

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on Pinterest